quinta-feira, março 16, 2006

Bofetadas...

E quando de repente alguém diz:

- Cala-te que não te quero ouvir!
- Não me calo!
- Já te disse para te calares!
- Ninguém me manda calar e muito menos tu!
- Queres ver que te calas mesmo...

E levanta-se e dá-lhe uma bofetada!

- Não devias ter feito isso, filho da puta, agora vais levar nos cornos...

E dá-lhe uma bofetada ao mesmo tempo que lhe rasga a camisa ao puxar a gravata!
Voam cadeiras e alguns pontapés no ar, até serem interrompidos...

Tudo isto não passaria de normal num qualquer filme, duma qualquer novela, dum qualquer livro.... Mas não... Passou-se na minha empresa e entre o Director e o Gestor Financeiro!...

1 Comments:

Blogger susana said...

ahahahah! o verniz estala com tanta facilidade...

17:16  

Enviar um comentário

<< Home